Um pouco sobre mim.

“Sou GAVIÃO, sou rei, no tabuleiro da vida”

 

 

Convido a  todos que se interessarem a conhecer o meu canal no youtube, e desde já, sejam muito bem vindos.

 

http://www.youtube.com/user/andarilhosp61

 _________________________________

 

Acho muito difícil falar da gente mesmo.

 

Na verdade acho que nem eu mesmo sei quem sou, pois vivo me surpreendendo sempre comigo mesmo tanto do lado positivo como negativo. Penso que aquilo que pra mim pode ser qualidade, para outras pessoas pode ser um grande defeito, então fica muito difícil dizer “que sou”.

 

O que tenho certeza é que procuro ser sempre o mais sincero possível, brigo pelas coisas que acredito, e defendo com a própria vida se for preciso, as pessoas que eu amo, mas não sou muito de bajular ninguém.

 

Acredito em Deus, sou católico por nascimento e cristão por convicção. Acredito que o espírito é eterno, e que nada acontece por acaso.

 

Odeio hipocrisia, por isso mesmo como já disse antes, prefiro sempre ser sincero e dizer o que penso, mesmo sabendo que isso pode me custar meus bens mais preciosos, e não estou falando de coisas materiais, estou falando de sentimentos, de amizade, de amor, …

 

Acredito que estamos aqui nesse mundo para evoluir, e isso só se aprende com o convívio com as pessoas, mas às vezes sinto uma necessidade imensa de me isolar, e muitas vezes me sinto sozinho em meio a uma multidão.

 

Amo meu Deus e sei que mesmo sem merecer, estou sempre amparado por Ele, e sendo assim, procuro não ter medo de nada, pois o que virá amanhã, quem poderá afirmar?

 

Tenho amigos doutores e analfabetos, e sinceramente, não vejo diferença nenhuma entre eles, entre aspas, pois conheço muita gente humilde que tem muito mais caráter que um diplomado, por isso, procuro não julgar um livro pela capa.

 

Sou apaixonado pelos meus filhos, apesar de um deles não fazer parte do meu convívio.

 

Amo meus netos, meus amigos, e não admito que ninguém fale mal deles, bem como não admito que ninguém fale mal do meu Corinthians.

  

Procuro em tudo que faço dar o melhor de mim, e como um bom virginiano que sou, tenho minhas manias de perfeição, mesmo sabendo que faço tudo errado e que perfeição não existe nesse mundo.

 

       

 

Enfim… isto é um pouco do que penso de mim mesmo, e para fechar vou colocar uma música que sempre digo e que já me disseram que realmente tem muito a ver comigo por várias batalhas que já enfrentei nessa vida, e até hoje consegui sobreviver a elas.

Desejo a todos que estejam sempre com Deus, com muita paz, muita luz, muita harmonia, e principalmente, muito amor no coração.

 

***********************************************

 

 

 

My Way (Frank Sinatra)

E agora o fim está próximo,
E então eu encaro a última cortina.
Meu amigo, vou dizer claramente,
Vou expor minha situação
Da qual eu tenho certeza
Eu vivi uma vida que está completa,
Eu viajei por cada uma e em todas as estradas.
E mais, muito mais do que isso,

Eu fiz da minha maneira…

Remorsos, tive uns poucos.
Mas, por outro lado, poucos demais para mencionar.
Eu fiz o que tinha de fazer
E perseverei até o fim sem exceção.
Eu planejei cada percurso delineado,
Eu planejei cada passo,
Cada passo cuidadoso ao longo do caminho
E mais, muito mais do que isso,

Eu fiz da minha maneira…

Sim, houve ocasiões,
Tenho certeza que você soube,
Quando mordi mais do que podia mastigar.
Mas, em meio a tudo,
Quando havia incerteza,
Eu engolia e cuspia fora.
Eu enfrentei tudo e me mantive em pé,

Eu fiz da minha maneira…

Eu amei, eu ri e chorei.
Tive minha parte, minha porção de perdas.
E agora, à medida que as lágrimas diminuem,
Eu acho tudo isso tão divertido,
Ao pensar que fiz aquilo tudo,
E posso dizer? – não de uma maneira tímida…

Oh não, oh não, não eu,
Eu fiz da minha maneira…

Pois, o que é um homem?
O que ele possui,
Para dizer as coisas que ele sente sinceramente;
E não as palavras de alguém que se ajoelha.
Se não for a si mesmo, então ele não tem nada.
O registro mostra, eu suportei os golpes,

 E eu fiz da minha maneira
Sim, eu fiz da minha maneira

 

   
“Se  chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi.”

 

Carlos Andarilho.

 
     
Publicado em Uncategorized | 1 comentário

Poesia em forma de música

 
Soneto da Fidelidade
 
De tudo, meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor ( que tive ) :

Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinícius de Moraes

 
         
 
Sempre tive o pensamento que a música é uma das maiores formas de manifestação de poesias, e quero aqui nesse espaço, compartilhar algumas músicas feitas por mim. Por enquanto só as letras, mas espero em breve estar postando a gravação.
 
**********************************************************
 
Nessa letra eu falo um pouquinho de mim, alguns fatos reais, um pouquinho de sonho, mas enfim, acho que se for ver, tem um pouquinho de cada ser humano contida nela, sei lá… Mas espero que no final de tudo, a vida sorria sempre para todos.

História de uma vida
Carlos Andarilho

Um homem, um violão
Canta uma linda canção
Que conta toda a história da sua vida

Com versos simples narrou
O que na vida passou
Desde o principio da infância perdida

Uma pipa na mão
Uma bola e um pião
Brincar de roda ou amarelinha

Uma corda pular
Ser feliz e cantar
Era da vida tudo que queria

Mas o tempo passou
Adolescência chegou
Junto com ela, as namoradinhas

Os colegas de bar
A saideira tomar
Curtir a vida e a madrugada fria

Da sua infância esqueceu
a ingenuidade perdeu
E para ela, ele não voltaria

Um homem enfim se tornou
Necessidades passou
E para a vida ele não mais sorria

Mas enfim encontrou
O que sempre procurou
E agora a vida era quem lhe sorria

Uma vida feliz
Do jeito que sempre quis
Belas canções e lindas poesias

Pra sua infância voltou
Um grande amor encontrou
Junto com ele a esperança perdida

Mas canção terminou
A vida continuou
Que para sempre a vida lhe sorria…

**********************************************************

 Dizem que todo poeta é amante da lua, e como todo compositor é meio poeta, eu não fujo a essa regra.. pelo menos essa parte de poeta eu assumo que tenho, pois sempre gostei da lua, das estrelas, enfim.. da natureza em geral. Lua Bonita é um sambinha a moda antiga, bem do jeitinho que eu gosto, se eu ainda vivesse meus tempos de boemia, com certeza iria cantá-lo muito nas madrugadas, pois tem tudo a ver comigo. Espero que vocês também gostem e um dia quem sabe, quando a ouvirem nas rádios se lembrem de mim.

Lua Bonita
Carlos Andarilho

Oh! lua
Tu que dizem ser a grande inspiração
De um grande amor
De uma grande paixão
Brilha pra mim
Que eu quero encontrar
Aquele sonho esquecido
Que ficou perdido em algum lugar

Lua bonita que brilha
Iluminando o céu
Faze de mim um poeta
E me ensina a cantar

Mostra pra mim o caminho da felicidade
Por seus raios prateados eu vou me guiar

Traga pra mim qualquer noite
Um amor de verdade
Não quero mais a saudade
Como inspiração

Só quero ter na lembrança momentos felizes
Momentos inesquecíveis
Que alegraram o coração

Lua bonita que brilha
Iluminando o céu…

Oh! lua..

**********************************************************

 
Cabelo cor de ouro é uma música que modéstia a parte, eu imagino o nosso grande Zeca Pagodinho cantando. Com certeza é um sonho alto, mas já que sonhar ainda não paga imposto… Espero que gostem da letra, e acho que todos já devem ter percebido que ela é um pagodinho né?

Cabelo cor de ouro
Carlos Andarilho

Menina do cabelo cor de ouro
Do cabelo cor de ouro
Você é o meu tesouro

Eu quero sempre ver você feliz
Sempre ver voce feliz
Para me fazer feliz

Não perca essa ternura em seu sorriso
Ele é tudo que eu preciso
Faço dele o meu abrigo

Seus olhos iluminam meu caminho
Iluminam meu minha estrada
De maneira carinhosa

Vem cá menina
Vem me nanorar
Prometo sempre que para sempre
Eu vou te amar

Você é tudo que eu sempre quis

Chega mais perto diz que adora
Meu coração, minha vida, minh’alma
Meu corpo te implora

Vem cá menina
Vem me amar
Prometo sempre que amor para sempre
Não há de faltar 

 
**********************************************************
 
A vida é bela, e a natureza é perfeita, a gente é que complica. Acho que nem cabe muitas explicações para essa música, pois pelo menos acho que a letra já fala por si mesma, e é claro.. espero que gostem e lembrem-se que tudo isso foi feito pra nós, e o que é melhor…. de graça, só precisamos cuidar.

Vida
Carlos Andarilho

Vida…
É a prova mais pura de amor
Que o criador pode nos dar

Vida…
Pra poder acertar ou errar
Evoluir, aprender a amar

Olhe para o céu
Contemple o sol
A imensidão

Olhe prás estrelas
Pra luz do luar
Tudo é perfeição

Veja as flores no campo em flor
A borboleta, o beija-flor

As cachoeiras, os rios e o mar
Veja as florestas
Tudo em seu lugar

Tudo isso foi feito pra nós
Ai que vontade de cantar
Agradecer pela natureza
Pelo ar que temos prá respirar

Vida…
Que deu vida a criação
Os animais, a vegetação

Vida…
Que deu vida ao olhar
Para que o homem pudesse enxergar

Que tudo isso foi feito prá nós
Ai que vontade de cantar
Agradecer pela natureza
Pelo ar que temos prá respirar

 
 
**********************************************************
 
Essa música é uma das que eu mais gosto de cantar. Tem um ritmo "gostoso", uma espécie de blus, sei lá. Algumas pessoas que já ouviram com o arranjo "ensaiado", disseram que é um ritmo dançante e eu concordo.

Quando você quiser
Carlos (Andarilho)

Quando você quiser me encontrar
Estarei aqui, é só procurar
Para falar de coisas banais
Ou lembrar dos tempos que não voltam mais

Prá qualquer coisa estarei por aqui
Não se preocupe porque não vou sumir

Olha menina sei que está tudo bem
Seu mundo é perfeito e não entra ninguém
Bem que tentei, mas eu não consegui
Mas se precisar estarei por aqui

Pode bater, a porta abrirá
e você sempre poderá entrar
Espero que agora esteja feliz
Pois acredite foi o que eu sempre quis

Olha menina sei que está tudo bem
Seu mundo é perfeito e não entra ninguém
Bem que tentei, mas eu não consegui
Mas se precisar estarei por aqui

Quando você quiser me encontrar
Estarei aqui, é só procurar

Pode bater, a porta abrirá
e você sempre poderá entrar

Quando você quiser me encontrar…

 
 

 
**********************************************************
 
Esse é  um samba enredo que me deu o segundo lugar no concurso da Escola de Samba União das Vilas de São Bernardo do Campo em 2004 "se não me engano".  Um tema forte que gerou até um pouco de polêmica, mas no final deu tudo certo e a escola passou muito bem. Na minha letra eu procurei amenizar um pouco o tema e passar uma mensagem legal, talvez por isso não tenha ficado em primeiro, mas tudo bem, pelo menos fiquei em paz comigo mesmo dentro das minhas convicções.

Eterno Conflito
O bem contra o mau
Carlos Andarilho

No céu reinava a paz
No universo imperava a lei do amor
Não se conheciam os pecados capitais
Não havia fome, peste ou dor
Mas veio a guerra fatal entre o bem e o mau
E a harmonia se quebrou
Um anjo invejoso, se rebela contra o criador

Ouviu-se ecoar na imensidão
E fez-se o homem, a sublime criação
Um Pai cheio de amor e de esperança
Lhe deu a terra como parte da herança
Ressurge o sedutor, espalhando o terror
Ilude o homem pra virar seu seguidor

Venha comigo, posso lhe dar
Aquilo tudo que na vida imaginar

Mas, surge a luz, surge o bem, o amor
Que não quer que ninguém
Saia do bom caminho

Pense, a sua própria conciência
É teu juiz, tua sentença
Mostra como pode ser feliz

Eu vou lutar, não aguento mais
Chega de guerra, eu quero amor, eu quero a paz
Que cada um tome a sua decisão
Eu vou sambar e ser feliz com a União

Lá no céu…

 
**********************************************************
 
Falando em samba enredo, esse eu fiz para concorrer na Escola de Samba Imperador do Ipiranga. Não ganhei, mas a letra dele mostra bem o que sinto por aqueles "homens", que deveriam ser os legítimos representantes do povo, mas mostram cada vez mais que a eles só interessam dinheiro e poder, o que diga-se de passagem me deixa muito triste, mas sei que um dia cada um colherá tudo aquilo que plantou, e como diz a letra do samba: "Podem rir agora, mas a hora há de chegar." É só esperar.
 
A fé em Jorge Guerreiro contra os dragões da maldade
Carlos Andarilho

No Anhembi quero te exaltar
Simbora Imperador
Quatro décadas no ar

Vamos lá povão, me de a mão
Temos que acreditar
Nessa noite de festa
Onde a fé se manifesta
Na crença de uma nação

Meu São Jorge Guerreiro
Abençoe o ano inteiro
Seus filhos e a população
Que batalha dia a dia
Faz da vida uma oração
Clamando a sua proteção

Vamos a luta
De lança na mão
E a capa da justiça
Combater o dragão

Chega de tanto esperar, se acomodar
Ta na hora de fazer
Tantas promessas são feitas
Mas quem pode não dá jeito
Nada faz acontecer

Chega dragões da maldade
Você tem imunidade
Mas nós temos fé no coração

Nessa terra abençoada
Os meus olhos hão de ver
A felicidade florescer

O seu descaso e tanta corrupção
O sangue do meu povo derramado pelo chão
Serão vingados, você pode acreditar
Podem rir agora, mas a hora há de chegar

 
**********************************************************
 
Hoje vou postar duas músicas em homenagem ao meu pai,  "Meus Heróis" e "Sonhos Lindos", já que essas músicas foram feitas para homenagear os seus bisnetos. Com toda certeza do mundo, tenho certeza que se ele estivesse entre nós, iria cantar essa música junto com eles e fazer muitaaaaaaaaa arte. rsssssss

Meus Heróis
Carlos Andarilho

Os meus heróis são cavaleiros medievais
Em busca de aventura
Mas meus heróis morrem de medo
Do homem da cozinha e do homem do banheiro

Rei Eduardo e o príncipe Enrique
Cavalgam pelo mundo sem nunca desistir
Desbravam as florestas, enfrentam o vilão
Mas também tem medo do bicho papão

Os meus heróis são cavaleiros medievais
Em busca de aventura
Mas meus heróis morrem de medo
Do homem da cozinha e do homem do banheiro

Pena que com o tempo eles vão crescer
E o bicho papão não vai mais temer
Dos homens pela casa irão morrer rir
E assim a vida segue como tem que prosseguir

Os meus heróis são cavaleiros medievais
Em busca de aventura
Mas meus heróis morrem de medo
Do homem da cozinha e do homem do banheiro

 
**********************************************************
 
Essa música foi feita para minha netinha Giovanna, a loirinha mais linda do mundo, a partir de um presente de uma amiga que me incetivou muito nessa nova fase da minha vida, no dia do aniversário de 2 aninhos da minha pequena. O presente, um haikai, aparece entre aspas na letra e aproveito para mais uma vez agradecer a ela.

Sonhos Lindos

Carlos Andarilho

Loirinha, dos olhos de mel
O teu sorriso me transporta para o céu

"Giovanna em flor
Beleza e candura
Quantos sonhos lindos"
Você despertou

No meu coração
Alma que é pura
Me pego cantando
Me pego sorrindo
Falando de amor

Você é uma estrela
Sempre a brilhar
Tua luz ilumina
todos os caminhos
Por onde passar

Você é uma flor
De rara beleza
Só peço na vida
Que Deus te ilumine
E sempre te proteja

 
Loirinha dos olhos de mel
O teu sorriso me transporta para o céu…
 
**********************************************************
 
Essa é mais uma letra que fala de como a vida é bela quando queremos que ela seja bela, mas também fala do medo que nós, seres humanos temos de nos machucarmos, baseados em fatos ocorridos anteriormente. Sempre penso em quantas coisas boas podemos perder nessa vida por medo de tentar, mas enfim.. faz parte do nosso show, como diria Cazuza. Espero que gostem e sempre olhem pra frente.

Olhe pra frente
Carlos (Andarilho)

Vida se faz presente
Em um coração solitário
Lembranças perdidas
No fundo da alma de alguém
Que nao quer ninguém
Torne a magoa-lo

Sorrir pra vida
É bem melhor que chorar
Felicidade…
Abra a porta que ela entrará
Abra as janelas
Sinta o sol sua alma tocar
e segue em frente…

Vida se faz presente
Em um coração solitário
Lembranças perdidas
No fundo da alma de alguém
Que nao quer ninguém
Torne a magoa-lo

A noite chega
Vem a lua brilhando no céu
Vem as estrelas
junto com ela cumprir seu papel
Tudo na vida tem seu tempo
Pra que apressar
Olhe pra frente…

 
**********************************************************
 
Essa música eu ofereço a todas aquelas pessoas que já tiveram uma grande paixão, e que por um motivo ou outro acabou, mas como deveria ser o certo, o carinho e a amizade continuaram, pois o verdadeiro amor é aquilo que sobra depois que todo o resto acaba. Espero que gostem também.

Raízes
Carlos Andarilho

Se o nosso amor morreu
Nada mais pode ser feito
Se a paixão chegou ao fim
Só me resta o lamento

Fico com as doces lembranças
Fico com minhas raízes
Dos momentos de esperança
Dos momentos mais felizes

Vou seguir o meu caminho
Voltar pela contra mão
Te tirar do pensamento
Mas não do meu coração

Sei que vai levar um tempo
Sei que pode demorar
Mas eu vou tentar sorrir
Para não te ver chorar

Segue firme o teu caminho
Segue a vóz da razão
Fica em paz minha querida
Beijos no teu coração

 
  
 
**********************************************************
 
Acredito sinceramente que todo amor, ou o verdadeiro amor, pelo menos o tipo desse amor cantado pelos "amantes", só pode existir, nascer, crescer e fuir em total liberdade, pois acredito que se estamos com alguém, é por vontade própria, e não por imposição. Essa música fala mais ou menos isso, em como é bom amar em total liberdade, e em como é ruim "amor" forçado. O ritmo é meio marchina carnavalesca, sei lá… Às vezes eu tenho o dom de inventar ritnos que são só meus e nao sei muito bem qual o nome deles… coisa do Andarilho…

Te dou a liberdade
Carlos (Andarilho)

Água de beber quando encontra o mar
Fica salgada, não dá prá tomar
Peixe na rede vive a lamentar
Que vai pro fogo virar jantar

Sou terra, preciso de ar
Terra molhada faz a gente escorregar

Eu quero ter a liberdade
Pra ter certeza que eu te amo de verdade
Mas o que eu quero eu também te dou
Pois eu só te quero com certeza desse amor

Eu quero ter você junto de mim
Preciso de carinho
Mas não pode ser assim

 
Água de beber quando encontra o mar….
 
**********************************************************
 
Como já diz o nome da canção, "Não deixe o sonho acabar", a letra dessa música fala da história de uma grande paixão que acabou virando um lindo sonho. E como todo sonho bom, nunca queremos que ele acabe. O ritmo é meio brega sertanejo, e como um bom pai coruja, devo dizer que eu gosto muito dessa música e espero que gostem também.
 
Não deixe o sonho acabar
Carlos Andarilho
 
O amor que trago no peito
Não tem jeito maltrata a razão
Nasceu mais forte que eu
Tomou conta do meu coração
E agora o que faço da vida
É dividida a minha liberdade
Confesso que por ti chorei
De emoções e de felicidade
 
Quero viver prá sempre ao teu lado
Regando o nosso jardim
Tú és a semente mais pura
A flor mais linda feita para mim
 
Não deixe o sonho acabar
Fica comigo por favor
Olha pra mim diz que me ama
Me faz sentir o teu calor
 
Se quiseres terás meu carinho
Para sempre terás meu amor
Juntinhos nós dois seguiremos
A estrada que Deus preparou
Deixarei de ser andarilho
Enfim eu descansarei
Tú serás minha querida
Serás na minha vida
O eterno meu bem
 
Não deixe o sonho acabar
Fica comigo por favor
Olha pra mim diz que me ama
Me faz sentir o teu calor
 
Não deixe o sonho acabar…
 
**********************************************************
 
Acho que essa letra dispensa qualquer explicação, pois fala do eterno conflito dos apaixonados que acabam se magoando muitas vezes por coisas sem sentido ou banalidades. Fala também nas entrelinhas, da tendência que o ser humano tem de guardar as coisas ruins e esquecer os bons momentos vividos, muitas vezes com grande intensidade. O ritmo é, digamos assim.. uma canção romântica "a lá" Belo, bem melosinha.. para se ouvir de repente, com as luzes apagadas.

Não se esqueça amor
Carlos Andarilho

Não se esqueça amor
É tudo por você
Minha alma chora
Quando não te vê

Eu sei muito bem
Que já te fiz chorar
Já te fiz sofrer
Por não saber te amar

Mas escute bem
O meu coração
Bate junto ao teu
Na mesma direção

olha nos meus olhos
Me chama de amor
Me faz um carinho
Esquece o que passou

Nós dois bem juntinhos
Em busca do sol
Falando da lua
Somos um faról

Que ilumina a Terra
Poema sem fim
Eu vivo em você
E você vive em mim

Não se esqueça amor
É tudo por você
Esquece o que passou
Eu amo você

 
**********************************************************
 
Como o próprio nome da música diz, a tristeza é minha, ou no caso de quem achar que lhe serve esses versos, a tristeza é nossa e de mais ninguém. Muitas vezes atribuímos a culpa pelas nossas tristezas a terceiros, o que penso não ser verdade, pois cabe a nós temos forças para não nos tornarmos dependentes de ninguém e assumirmos nossas "culpas", se bem que também acho que quando uma relação acaba, todos são culpados, mas ninguém tem culpa, pois ninguém é obrigado a continuar com alguém que já não lhe faz feliz, e penso como Raul Seixas quando escreveu que "Amor só dura em liberdade" e que "O ciúme é só vaidade".
A melodia é tipo um samba à moda antiga, que cairia muito bem na interpretação dos "Demônios da Garoa". Espero que gostem da letra.

Minha Tristeza
Carlos (Andarilho)

Minha tristeza não tem nada a ver contigo
Minha tristeza gosta de brincar comigo

Vai saudade
Para de machucar meu coração
Ta doendo demais
Mais um um amor terminou
Que só deixou
A dor da solidão

Vou procurar um amigo meu
Que é poeta e compositor
Quem sabe assim
Ele consiga dar um jeito
De expressar essa dor
Que eu trago no peito
Antes que a vida resolva
Me levar embora

óh! Quanta desilusão
Meu coração já passou nessa vida
Mais um sonho terminou
E não passou de esperança perdida

Vai minha tristeza
Seja minha amiga
E dá um tempo
Que eu preciso seguir minha vida…

Minha tristeza não tem nada a ver contigo
Minha tristeza gosta de brincar comigo…

**********************************************************

 
Uma letra que faz um apelo ao que chamo de "namoro eterno", pois infelizmente parece que com o passar do tempo, o sentimento de posse toma conta do coração das pessoas, e assim, elas esquecem da fase boa do "amor". Aquela fase da paixão, do flerte, onde tudo gira em torno do ser "amado", aquela fase que fazemos de tudo para conquistar e queremos ser conquistados. Mas como já disse, infelizmente o dia a dia vai assassinando esse sentimento onde só vemos o lado bom da pessoa, e passamos a procurar defeitos, e como diz o velho ditado: "Quem procura acha", e a partir desse "achado", começam as desavenças, e até mesmo as qualidades que víamos antes, passamos a ver como defeitos. Quando um casal chega nesse ponto, é muito difícil o entendimento, é o primeiro passo para o fim, pois por mais que digamos que não importa, é muito gostoso ouvir palavras de carinho. O ritmo eu diria que é um "pop sertanejo" que penso cairia muito bem na voz do Daniel, e eu como bom pai coruja, acho essa música muito bonita. Espero que gostem também.

Metade de mim
Carlos Andarilho

Faz tanto tempo que não ouço de você
As coisas que eu gosto ouvir
E que eu não quero esquecer

Foi de repente que você surgiu pra mim
E nossa história de amor
Não parecia mais ter fim

Essas lembranças
Eu trago sempre com emoção
Uma metade que surgiu
Pra completar meu coração

Me diz agora
O que é que eu faço sem você
Se essa metade que ficou
Só quer pensar em te querer

Não precisa dizer nada
Só fique comigo
Pois você minha metade
É a paz que eu preciso

Não quero mais ficar sozinho
Eu não vou me acostumar
Acho que passou da hora
Dessa metade eu completar

Chega bem pertinho agora
Me da seu carinho
Quero te sentir de novo
Aqui bem juntinho

Vem, me de a mão, me beija
Eu quero te abraçar
Vem juntar essas metades
Vamos tentar recomeçar

Não precisa dizer nada
Só fique comigo
Pois você minha metade
É a paz que eu preciso…

**********************************************************

 
Com esse samba tudo começou. Não me lembro com certeza do ano, mas foi com ele que participei pela primeira vez de um concurso de samba na Escola de Samba Imperador do Ipiranga. Apesar da vergonha e do medo de enarar um palco, lá fui eu junto com meu filho que na época era apenas um menino, mas me serviu de apoio pra poder ter coragem… Sinceramente nem sei como consegui chegar entre os cinco primeiros, mas a experiencia foi muito legal. Saudades desse tempo.

Festa de Aniversário
Carlos Andarilho

Cantarolando eu vou
Com meu amor estou.. a sambar
Muito feliz eu sou
Oh! que dia legal
Contagiando o povão no carnaval

Se você está curioso
Pra saber porque
Venha comigo que vou lhe dizer

Hoje acordei contente
Mas todos me olhavam indiferentes
Cada vez mais deprimido
Confesso me senti traído

Nem minha namorada se lembrou de mim
Porque essa vida é assim

Voltei pra casa um tanto desolado
Chegando lá tudo estava apagado
Acendi a luz, mas que beleza
Era uma festa surpresa

Parabéns a você
Nessa data querida…
Hoje é meu aniversário
Meus amigos se lembraram
Eu estou feliz da vida

Bolo, salgado, cerveja
Champanhe com pedaços de cereja
Que bom com meus amigos comemorar
Com a Imperador quero sambar, pular, brincar
Foi quando então me decidi
Fazer a festa com o povão no Anhembi

Cantarolando eu vou
Com meu amor estou.. a sambar….

 
**********************************************************
 
Mais um samba enredo, e esse com uma história toda especial, porque acredite quem quiser, me deu o segundo lugar na Torcida Independente.
Acho muito difícil, alguém me imaginar fazendo um samba pra disputar na torcida do São Paulo FC, mas a pedido de amigos que tenho lá, topei e fui buscar um belo troféu. Foi por muito pouco mesmo que esse samba não ficou em primeiro lugar, a diferença de pontos foi mínima, mas valeu a experiência.

Dança Brasil
Carlos Andarilho

A lua despertou e clareou a avenida
O povo balançou, cantou, dançou, feliz da vida

Clareia, deixa clarear
Sou lá do norte, um passarinho do Pará
Do Amazonas, vejam só eu fui buscar
Meu boi, meu boi bumbá
Pelo nordeste vou agora passear

Aprendi dançar a capoeira
E marujada pra espantar o invasor
Pernambuco nos desperta a emoção
O frevo une, corpo, alma e coração

Vou dançar quadrilha na festa de São João
Mostrar ao mundo inteiro a força de uma tradição

Vou trazer o uruá
Do centro-oeste o batuque do tambor
Embala a festa do rosário e do divino
Traz a lembrança da senhora que dançou

No sudeste…
Capixabas e mineiros
A timbalada, os ricos fazendeiros
O lenço ajuda cada um formar seu par
Sapucaí ecoa o samba pelo ar

Vem do sul chegando a chula
Dança tradicional
E a dança das fitas
Que todo mundo dança
Com a fita presa no pau

Sou independente, vou mostrar no Anhembi
Que o Brasil dança do Oiapoque ao Chuí

A lua…

**********************************************************
 
Esse é mais um "sambinha" ao estilo Paulinho da Viola, que acho que a letra também dispensa qualquer comentário, pois conta a história de um casal que percebia que a paixão padecia a cada dia, mas mesmo assim tentaram de tudo para adiar o momento final, porém, os momentos de paz e carinho são inesquecíveis, e sempre ficam guardados na memória e no coração.

Era só questão de tempo
Carlos Andarilho

Se a paixão terminou
O coração tem que aceitar
Se o amor não tinha estrutura
Não tinha mesmo como segurar

Era só questão de tempo
Mas mesmo assim
Tentamos evitar
Mas o que prevaleceu foi a dor
Do nosso amor que morreu sem começar

Mas enfim ficam momentos
E essas lembranças jamais se apagarão
Fica saudade de um sonho perdido
Daquele seu ombro amigo
Que tanto me fazia bem

Como era bom ter o meu porto seguro
Fazer planos pro futuro
Sem pensar em mais ninguém

Pena que o tempo passou
E a pureza do começo terminou

Hoje só resta saudade
Daquela felicidade
Do carinho que ficou

 
**********************************************************
 
Essa canção nasceu, em um dia de chuva de verão em pleno inverno. Estava ouvindo o barulhinho dela caindo e comecei a escrever dentro da melodia que veio na cabeça. Com acho que já deu para perceber, sempre fui muito ligado à natureza, e gosto de tudo que ela nos oferece. O ritmo é tipo um samba canção, que eu particularmente gosto muito, ouvir essa música me acalma. Como costumo pensar na voz de alguém famoso cantando, eu diria que ela cairia muito bem na voz da Gal Costa, sempre com toda modéstia, é claro.

Lágrimas do céu
Carlos Andarilho

Quando cai a chuva chora
São lágrimas do céu
Lava a terra com seu pranto
Num doce encanto
Mistério…

Seja noite ou seja dia
Sua presença nos traz
A suave melodia
Da melancolia ou da paz

Pode ser garoa fina
Ou pode ser um temporal
É força da natureza
E seu segredo é natural

Pode ser pra muitos bênçãos
Regando em paz as plantações
Pode parecer castigo
Ao provocar inundações

Ninguém fica indiferente
Quando ela vem nos visitar
Tudo fica diferente
É um convite pra meditar

Que seus pingos no telhado
Faz a criança ninar
Na mais bela das canções
Mas também pode arrasar

Mas também pode arrasar

 
**********************************************************
 
Preciso me amar, é uma baladinha romântica que é claro, fala da necessidade que temos de amar e respeitar a nós mesmos, pois se a gente não se respeitar, ninguém fará isso por nós. Olhar para o espelho e sorrir, muitas vezes é muito difícil, mas é necessário. Tudo bem que devemos dar valor para as pessoas e respeitá-las sempre, mas para que isso seja possível de verdade, temos de dar valor e respeitar a nós mesmos ao invés de ficar chorando pelos cantos.  
 
Preciso me amar
Carlos Andarilho
 
Acho eu preciso dar um tempo
Acho eu preciso me encontrar
Acho que eu preciso me sentir amado
Nem que seja por mim
 
Hoje eu quero me sentir em paz
Hoje não quero olhar para trás
Hoje não quero pensar no amanhã
Olhar no espelho e sorrir
 
Porque que é tão difícil assim
A gente poder se encontrar
A gente se sentir amado
A gente voltar a sonhar
 
Deixar de enxergar só problemas
Deixar de briguinhas banais
Deixar o orgulho de lado
Pensar só nas coisas reais
 
Eu sei que essa vida tem jeito
O mundo não é ruim assim
Carinho, amizade e respeito
É tudo que quero pra mim
 
Eu sei, hei de encontrar
Tudo aquilo que eu desejo
Preciso me amar
Essa é a chave e o segredo
 
Hoje eu quero me sentir em paz
Hoje não quero olhar para trás
Hoje não quero pensar no amanhã
Olhar no espelho e sorrir
 
**********************************************************
 
Samba-Rap a lá Rappin Hood direcionado aos jovens, lembrando que cada ato cometido é um dia cobrado. Podemos fazer tudo, mas nada fica impune, pois dia mais, dia menos vem a vida nos cobrar e muitas vezes o preço pode ser bem alto. Por isso deveríamos pensar muito bem antes de tomar cada atitude, mas enfim, acho que a mensagem está explicita na letra da música e espero sinceramente que a mensagem dela seja bem interpretada.
 
Você pode tudo
Carlos Andarilho
 
Você pode sorrir
Você pode chorar
Você pode sair
Você pode ficar
 
Você pode dormir
Você pode acordar
Você pode curtir
Você pode estudar
 
Mas a vida lhe cobra
Cada ato seu
Não vá dizer depois
Que você se perdeu
Por falta de conselhos
Que ninguém lhe deu
o mundo esta ai para te alertar
Pense direitinho pra depois não lamentar
 
Você pode mentir
Você pode roubar
Você pode iludir
Você pode até matar
 
Você faz da sua vida
O que quiser fazer
Só que muitas vezes
Não da pra se arrepender
 
Por isso pense bem
Nem tudo é legal
A vida é um conflito
Entre o bem e o mal
 
Você pode dançar
Por pura é diversão
Ou então pode dançar
Com uma arma na mão
 
Você pode cantar com satisfação
E pode encontrar quem te estenda a mão
Você pode cair
Você pode levantar
Pode se divertir
Também pode trabalhar
 
Você pode tudo
Então preste atenção
Procure fazer tudo
Com dedicação
 
Você faz da sua vida
O que quiser fazer
Só que muitas vezes
Não da pra se arrepender
 
Por isso pense bem
Nem tudo é legal
A vida é um conflito
Entre o bem e o mal
 
Você pode tudo
Você pode mais
Mostre para o mundo
Que você é capaz
 
Não entre na idéia
Furada de ninguém
Só depende de você
Nessa vida ser alguém
 
Você pode tudo
Então preste atenção
Procure fazer tudo
Com dedicação
 
Você faz da sua vida
O que quiser fazer
Só que muitas vezes
Não da pra se arrepender
 
Por isso pense bem
Nem tudo é legal
A vida é um conflito
Entre o bem e o mal
 
**********************************************************
Publicado em Uncategorized | 1 comentário

Poesias em formato de haikai.

 
 
 
"Cavalo solto
trota em liberdade
no pasto em flor"
 
******************************************************************************************
 
Antes que alguém me diga que os meus "Haikais" não são perfeitos, já adianto que minha intenção jamais foi a de ser um grande haikaista, apenas aprendi a admirar essa forma de fazer poesia, que nasceu no Japão e se espalhou pelo mundo. Admiro muito àqueles que realmente fazem do haikai uma verdadeira obra de arte e não tenho a menor pretensão de me comparar a eles, e por isso, me limito humildemente a usar o formato sem nenhuma pretensão, mas aqui vai uma pequena explicaçãozinha:
 
Haikai como aprendi, é a arte de com o mínimo, obter o suficiente. Sua métrica original é divida em 3 linhas, contendo a primeira 5 sílabas, a segunda 7 sílabas e a terceira também 5 sílabas. Está relacionado sempre à natureza, e parte de um momento ou seja, uma emoção única de quem o escreve. 
 
Mas para quem quiser mesmo se especializar na arte, sugiro que se dedique, pois essa arte exige estudo e dedicação, e há vários critérios a serem seguidos.
 
Enfim, um forte abraço a todos e espero que gostem dessa forma de poesia tanto quanto eu.
 
******************************************************************************************
 
 
 
 
"No belo quadro
pássaros se confundem
com pipa no ar"
_______________________
 

A "pipa"

Uma das minhas mais fortes lembranças que trago da infância é de um dia que meu pai chegou em casa com uma "raia" na mão. De região para região o nome desses papagaios, pipas, maranhão, quadrado, vai mudando, mas vou tentar descrever o que é uma "raia":

Raia é feita com duas varetas, sendo uma reta e outra em forma de arco, seria quase um arco e flexa, que são colocadas em cima do papel recortado em forma de losângo e coladas. Se colocada uma "rabiola" nesse "papagaio", ele se transforma em um "peixinho", mas se colar nas duas partes de baixo papel recortado em forma de "barbatanas", ele se transforma em uma "raia", e foi com essa que meu trouxe.

Ele me levou para um campo de futebol chamado Campo do Cruzada, que por acaso não existe mais, virou conjunto residencial, e lá colocou aquela raia no alto, e passamos ali não sei quanto tempo, mas para mim pareceu uma eternidade, tanto que até hoje me vejo naquele campo, segurando a linha que mantém aquela raia preta com barbatanas amarelas no ar, e uma doce lembrança no meu coração.

Quando me vejo pensando nesse momento único e mágico, fico pensando de como precisamos de pouco para sermos felizes.

 
******************************************************************************************
 

 

 
“Lírios do campo
num coração carinhoso
suave canção”
_______________________
 
A emoção de se receber o primeiro Haikai.
 
Como aprendi, um haikai é um momento único e especial que dedicamos a alguém. Aprendi que no Japão é uma grande honra se receber um Haikai de presente, e que uma vez ofertado o Haikai deixa de pertencer a quem o fez e passa a pertencer ao presenteado, e o autor, não pode mais oferece-lo a mais ninguém, pois justamente, ele é um momento único dedicado a quem o recebe.
Para mim receber um haikai, é como receber uma flor única, colhida no campo, ao som de uma rara canção, vinda de um coração nobre, repleto de carinho, amor e generosidade.
Enfim, esse é o lado mágico que vejo no haikai, que batizei como "lado romântico", e foi por esse lado da arte que eu me apaixonei e pretendo divulgar, pois foi essa a emoção que eu senti, e foi com essa mesma emoção que eu tentei retribuir.
"Um momento mágico que jamais se repetirá"
 
******************************************************************************************
 
 
“Rosas vermelhas
enfeitando esse dia
muito carinho”
 _______________________ 
 
Troca de energia
 
O  momento mágico de se fazer uma primeira canção dedicada a alguém e perceber a alegria que esse momento gerou, e como que uma bola de neve se formando, recebe essa energia de volta em forma de carinho que gera carinho. Os agradecimentos de parte a parte não param e um novo haikai marca esse momento, que por sua vez, inspira um outro haikai para que esse momento mágico e único, seja eternizado.
Nada melhor que rosas vermelhas dedicadas com muito carinho para enfeitar e eternizar esse momento e esse dia.
 
******************************************************************************************
 
 
"Frágeis crianças
fugindo dos gansos
surge um anjo"
 _______________________
 

Os Gansos

 
Certo dia sai de casa junto com minhas duas irmãs, provavelmente para fazer alguma coisa para minha mãe, comprar alguma coisa talvez.. não me lembro desse detalhe, mas a lembrança que tenho é que o lugar onde morávamos, era parecido com algumas cidadezinhas do interior, o que era normal para aquela época; ruas de terra, casas com quintais e muros baixos, isso quando tinham muros, muitos terrenos sem construção, e muitas famílias faziam criações de animais e aves. Nesse dia voltamos tranqüilamente pra casa, quando de repente começamos a ouvir aquele som maquiavélico de grasnados de gansos e quando olhamos para traz tinha um monte deles preparados para a "guerra".. "Que sufoco".. Imaginem a cena.. Três crianças correndo e os gansos tentando bicá-las.. Hoje lembro disso e dou risada, mas na hora foi realmente um grande sufoco, momentos de pavor que só terminou quando uma alma boa apareceu e "comprou a nossa briga" contra as aves malvadas.
 
******************************************************************************************
 
 
"No décimo mês
gaviões se encontram
no oitavo dia"
 _______________________
 
Reencontro de amigos
 
Um momento mágico, único e inesquecível.
Por uma brincadeira entre corinthianos (gaviões), exatamente no dia 08 de Outubro, uma amizade renasce com força e por mais que a vida, o tempo e a distância insista em separar esses amigos, a amizade foi imortalizada, pois amizade quando é verdadeira, dispensa a presença física, e o carinho nascido no coração é imortal.
 
******************************************************************************************
 
 
Na beira do rio
sentada e sorrindo
choro infantil"
_______________________
 

A primeira paixão

 
Lembro-me como se fosse hoje. Eu ali no auge dos meus dois aninhos no máximo, sentindo o coração disparar cada vez que ouvia aquela vóz chamando a minha irmã no portão de casa.

Minha irmã mais velha acabara de entrar para escola, e como é normal, lá fez amizade com a Nilza, que passou a ser sua melhor amiga e minha primeira paixão.

Ela muitoooooooo mais velha que eu, tinha no minimo o triplo da minha idade e se divertia com isso; ve se pode uma coisa dessas rssss

Me lembro bem que a casa onde moravamos na Zona Leste de São Paulo, beirava um rio que não me lembro o nome, mas me lembro que meus pais proibiam que eu e minhas irmãs subissemos no muro porque era perigoso cair no rio, e talvez por isso, quando a Nilza chegava e sentava no muro, eu já começava a abrir o berreiro e puxá-la pela mão para que ela descesse, e com ela se divertia e ria muito… a "malvada" até jogava o corpo para trás, o que fazia que meu choro aumentasse mais ainda ao pressentir o perigo, mas não tinha jeito; quanto mais eu chorava, mais ela fazia… "que maldade" rssssss

Pouco me lembro dela, mas sei que jamais esqueci seu nome, e nem essa lembrança do muro, que posso dizer, foi a primeira manifestação do meu lado "protetor" das pessoas que amo.

 
******************************************************************************************
 
 
"Apague a luz
depois feche a porta
vejamos o sol"
_______________________
 
Convite a paz
 
Depois de uma longa e tenebrosa noite escura de tempestade, o convite para se apagar a luz das trevas, fechar a porta para o passado e olhar apenas para a luz do sol, que é a verdade e o reinício de tudo, já que o sol volta a brilhar todos os dias, independente da nossa vontade, e querendo ou não, temos de acordar com ele. Poderia dizer também, que é um convite para apagar as mágoas e jogar a chave fora de trancá-las atrás da portas, e procurar ver apenas as coisas boas que realmente valem a pena.
 
O tempo não para e o futuro nos espera, portanto, apague a luz, feche a porta e veja como é bonita a luz do sol.
 
******************************************************************************************
 
 
"No horizonte
surgem novas estrelas
barco partindo"
_______________________
 
Momento de despedida
 
Chega um momento na vida em que a renovação se faz necessária por mais que isso nos doa e nos machuque. Novos caminhos se abrem, novas perspectivas, e precisamos fazer o que temos de fazer para não nos sentirmos elos de uma corrente muitas vezes enferrujada pelo tempo. O importante é sempre guardar e assimililar as lições que esse ancoradouro nos trouxe, e agradecer à vida por nos ter dado essa oportunidade. Saudade sempre fica, mas levamos no coração a esperança de um dia poder retornar mais conscientes e maduros depois de conhecer outros outros portos e observar outras estrelas, portanto, um "até breve" é sempre muito menos dolorido que o peso da palavra "adeus". A vida é uma eterna viagem e o caminho a percorrer é longo e cansativo, porém é necessário para a nossa própria evolução.
 
******************************************************************************************
 
 
"Pregando amor
sob o domínio da lua
brilho no olhar"
_______________________
 
Momento de adimiração e carinho
 
Com o passar dos anos aprendi a admirar e respeitar as pessoas que tem a coragem de abrir o coração e pregar palavras de amor e conforto para os seus semelhantes. Nesse mundo nosso tão cheio de conturbações, onde as pessoas só pensam em guerras, vinganças, assaltos, assassinatos, entre outras coisas ruins, é sempre bom ver que ainda existam pessoas que pregam a paz, principalmente quando essa pregação, é acompanhada de atos. Enfim, que todos possam ter um brilho nos olhos e na alma ao pregar o amor, seja sob o domínio da lua, do sol, da terra, ou seja sob o domínio que for, para que possamos fazer desse mundo, um mundo melhor para todos, um mundo com muita paz, muita harmonia, muita luz, e principalmente, muito, muito amor.
 
******************************************************************************************
 
 
"Na tela branca
o amor é cantado
pelo rouxinol"
_______________________
 

O Rouxinol e a Rosa

Esse "haikai" foi inspirado na emoção que sinto cada vez que leio essa, que considero uma das mais belas estórias para reflexão.
A tela é branca para que cada um a pinte como quiser, conforme o entendimento que teve ao ler essa estória, mas para que não leu, faço aqui um pequeno resumo:

- Havia um homem que costuma comer pão na sacada da casa e sempre deixava cair farelos que o rouxinol pensava que fossem jogados propositalmente para alimentá-lo, o que fez que o rouxinol criasse uma grande relação de amizade por aquele homem que ele pensava alimentá-lo. O homem acabou se apaixonando perdidamente, mas sua amada essa lhe impôs que para retribuir o amor, ele teria de lhe presentear com a mais bela das rosas vermelhas. Como não era época, o homem percorreu a cidade toda e não encontrou nenhuma rosa. Ouvindo os lamentos do homem, o rouxinol procurou o "deus" dos pássaros que lhe disse que se ele se emaranhasse em uma roseira e cantasse a noite toda sem parar, ele poderia conseguir a flor, mas disse também que o sacrifico poderia ser grande e poderia custar-lhe a vida, porque seu peito poderia não aguentar. O rouxinol decidiu que assim faria para que seu grande amigo conseguisse enfim a flor que precisava para conquistar a sua amada, e assim o fez; embrenhou-se na roseira e lá cantou a noite toda. Na manhã seguinte o homem olhou pela janela e viu no seu jardim a mais bela rosa que a natureza já havia produzido e desceu para apanhá-la. Ao ver do lado da rosa o corpo inerte do rouxinol morto ele pronunciou a seguinte frase:

- Ave estúpida! Com tantas árvores para cantar foi justamente se enfiar na roseira que tem espinhos, mas pelo menos agora dormirei melhor sem ouvir seu canto chato. 

 
******************************************************************************************
 
 
"No auge da paz
tulipas se confundem
sorriso no ar"
_______________________
 
Coisinhas simples
 
Quando se está bem e em paz, tudo é motivo de alegria e troca de carinho, até mesmo mandar flores trocadas acaba virando motivos para sorrir de felicidade. A sintonia é tão grande quanto a cumplicidade. Com todo carinho e paciência do mundo, a pessoa que recebe as flores procura a "verdadeira" apenas para mostrar e ensinar a diferença com detalhes. O assunto se torna agradável e segue por horas, sempre com sorrisos nos lábios. São momentos assim, simples, mágicos e inesquecíveis que fazem a vida valer a pena.
 
******************************************************************************************
 
 
"Sob o pinheiro
o mundo é perfeito
na noite feliz"
_______________________
 

O "primeiro" Natal

 
Uma das lembranças mais gostosas que com certeza trago no coração e que sempre estará nele, é a do primeiro natal que tenho recordações. Eu devia ter uns 2 ou 3 anos e me lembro com muito carinho da árvore "enorme" que servia inclusive pra eu ficar em baixo dela escondidinho do mundo. Na noite de Natal me lembro da minha família "toda" reunida, e me lembro das coisas que eu ouvia; o Natal é época de paz e amor, porque marcava o nascimento de Cristo, e portanto, era o dia do seu aniversário. Isso é o que penso até hoje com muito carinho, e acho que é assim que todos deveriam ve-lo, estendo isso aos outros 364 dias do ano.
 
******************************************************************************************
 
 
"Bate outra vez
com esperança o meu
coração em flor"
_______________________
 
Momento de respeito e reconhecimento
 
No dia do centenário de um dos maiores poetas brasileiros, "Meste Cartola", ou simplesmente "Cartola", pela humildade que ele sempre representou, deixo a minha pequena e sincera homenagem em forma de "haikai", a ele que soube como poucos, fazer "poesia em forma de música".
 
******************************************************************************************
 
 
"A fé que move
a montanha nos traz paz
rosas pra mamãe"
_______________________
 
Momento de fé
 
Um dia, Deus enviou a Maria um anjo, o anjo Gabriel, que lhe disse:
- Salve, ó cheia de graça, o senhor está contigo.
 
******************************************************************************************
 
 
"Asas cortadas
da triste borboleta
lágrima e dor"
_______________________
 
Momento de Reflexão
 
Muitas vezes na vida nos vemos entre a cruz e espada, entre a razão e a emoção, entre o "certo" e o "errado", onde parece que o mundo inteiro está conspirando para calar a nossa voz, e parece que todos os valores aprendidos foram em vão. Nessas horas pensamos se devemos ou não continuar, e se resolvermos que sim, ficamos indecisos por qual caminho seguir. Me perdoem a pretensão, mas acredito que a madre Tereza de Calcutá diria que: "Se cortarem as suas asas, podes não voar, mas ainda te sobram as pernas e deves aprender a caminhar", e por isso, apesar da dor e das lágrimas, creio que devemos sempre seguir o caminho que o coração indicar e continuarmos sempre, com os membros que nos restam.
 
******************************************************************************************
 
 
"Flor de algodão
frágil e transparente
poema de luz"
_______________________
 
Momento de Reconhecimento
 
Aprendi na vida que sempre é importante reconhecer e retribuir o carinho e a atenção que as pessoas nos dedicam. Apesar do pouquíssimo tempo de convivência, essa mulher com alma de poeta, já demonstrou toda generosidade que tem guardada no coração, sempre me incentivando e me abrindo portas, me empurrando sempre pra cima, como costuma fazer com aqueles que são seus amigos, e é por isso, que dedico esse poema em forma de haikai com todo carinho e respeito a Cassia da Rovare, essa pessoa iluminada que tão bem me recebeu no seu mundo e no seu coração, e que através da sua poesia, demonstra toda fragilidade e transparência que carrega na alma, como a brancura e a pureza do algodão.
 
******************************************************************************************
 
 
"Cravo regado
com amor e carinho
caminho suave"
_______________________
 
Momento de Homenagem
 
Como qualquer ser humano tive diversos momentos bons e inesquecíveis na vida, e um desses momentos que foi marcante e especial, foi quando no final do primeiro ano primário, em 1968, minha querida professora, dona Maria Luiza, do colégio Visconde de Itaúna no bairro do Ipiranga, pegou uma espécie de capa de um livrinho infantil, partiu em duas partes, e com elas presenteou a mim e um coleguinha de sala, um japonesinho chamado Marcio. Na parte que me coube ela escreveu a seguinte frase:
 
- "Ao aluno Carlos Calvelhe, um dos primeiros da classe, o afeto de sua professora, Maria Luiza".
 
Guardo isso como uma das coisas mais importantes da minha vida, tanto nos meus pertences, como no meu coração, e hoje, 15 de outubro de 2008, "Dia do Professor", muito embora eu não acredite que ela lerá isso um dia, eu queria dizer a seguinte frase para ela, e com essa frase homenagear todos os professores que para mim são as raízes da esperança de um mundo melhor.
 
- "A professora Maria Luiza, uma das melhores lembranças que tenho na vida, o afeto do seu aluno, Carlos Calvelhe".
 
******************************************************************************************
 
 
"Folha em branco
aguardando momento
do sol despertar"
_______________________
 
Momento de Inspiração
 
Inspirado em todas as pessoas que tem coragem de dar vazão aos seus sentimentos, nos brindando com suas pérolas e obras de arte saídas do fundo da alma. Seja em forma de poesia, música, pintura ou qualquer forma de expressão. Aproveito para homenagear também, todas as pessoas que tem a sensibilidade de apreciar e procurar entender, aquilo que o "artista" tenta passar, pois qualquer forma de expressão é feita de coração pra coração, e é preciso ter alma de artista para entender uma forma de arte.
 
******************************************************************************************
 
 
"Fim de outubro
e o tempo não para
chove lá fora"
_______________________
 
Momento de reflexão
 
Pensamentos sobre a verdade dos ditados que falam que quanto mais o tempo passa, mais rápido ele passa. A vida parece que começou ontem, e tanto tempo já passou sem que eu tenha percebido. Somente nesse ano, dez meses  praticamente já se passaram, e ainda me vejo recebendo os votos de um "Feliz 2008". A chuva lá fora complica tudo, torna tudo mais dificil. É preciso paciência e esperar o momento certo, para que tudo que a vida me reserva se torne realidade. Da janela eu contemplo o céu e vejo os pingos caindo nos telhados, por um instante ele se transforma num campinho de terra batida, onde meninos felizes jogam bola despreocupados e se divertem rolando na lama formada pela mistura da terra com a água da chuva. Ouço a voz da minha mãe me chamando da janela e volto para a realidade.
 
******************************************************************************************
 
 
"Pequenos gestos
marcam eternamente
jasmin floresce"
_______________________
 
Momento de Gratidão
 
Estava eu com meus 14, 15 anos e trabalhava numa confecção de roupas no bairro do Ipiranga como Office-boy.
Nessa época, os bancos ainda tinham suas portas abertas e era costume entre os "boys" trocarem serviços se ajudando mutuamente, pois as filas nos caixas eram imensas, e como quase tudo era feito manualmente, se perdiam horas nas filas.
Certo dia estava eu numa agência na Rua Silva Bueno, quando chegou um amigo meu me perguntando em se eu tinha de ir ao banco "X" depois que saísse daquele e eu respondi que sim. Como era praxe, ele pegou o meu serviço que eu teria que fazer naquele outro banco e deixou o dele comigo, combinando que nos encontraríamos em uma lanchonete ali pertinho mais ou menos uma hora depois, e foi embora. Aproximadamente uma hora depois desse fato, cheguei finalmete ao caixa e fiz o serviço dele primeiro, depois entreguei o meu. O caixa fez as contas e me disse que estava faltando um pouco de dinheiro, eu diria que se tratava em torno de alguma coisa equivalente hoje a uns quatro, cinco reais. Fiquei muito chateado, pois já era final de tarde e eu teria de voltar para a empresa, pegar o dinheiro que faltava e encarar no mínimo mais uma hora de fila, sem falar que ainda teria antes que prestar contas ao meu amigo, por questão de responsabilidade.
Um senhor abençoado que estava atrás de mim na fila viu a cena e deve ter ficado com dó. Quando percebi, ele me estendeu a mão com a quantia que faltava. Sorri feliz e lhe disse que assim que o encontrasse novamente eu devolveria o dinheiro, mas o que mais me marcou nessa história, foi a resposta que ele me deu sorrindo também:

- "Se você realmente quer me pagar, sempre que ver alguém precisando e você puder ajudar, lembre-se de mim e ajude também".

Nunca mais esqueci essas palavras, e sempre que me vejo ajudando alguém de alguma forma, ainda que não seja financeira, essa imagem vem à cabeça, pos do coração ela nunca saiu.

Que Deus sempre abençoe aquela alma generosa, que ensinou a um garoto em formação, o valor de um pequeno gesto.

 
******************************************************************************************
 
 
"Bicho esperto
domado e domando
flor de outono"
_______________________
 
Momento de Sutileza
 
Momento em que o carinho e a sutileza pura e simples vai conquistando e abrindo espaço no coração, fortalecendo cada vez mais a amizade. Mostrando que para se dominar, é preciso muito mais carinho, atenção e dedicação do que força, pois como já ouvi vários domadores de animais falando, antes de domar a "fera", tem antes que conquistar a confiança dela, e para que o trabalho seja bem feito, o domador tem que se deixar domar também, para que essa confiança aumente cada vez mais, da mesma forma que acontece em qualquer relação humana.
Enfim, laços de amor, amizade ou qualquer outro tipo de relacionamento, só crescem através do amor, confiança, carinho, respeito, transparência e sinceridade.
 
******************************************************************************************
 
 
Publicado em Uncategorized | 5 Comentários

Momentos Poéticos

 
O Navegante
 
Um navegante solitário
Perdido entre o céu e o mar
Muitos os sonhos pendentes
Deixados em algum lugar
 
Carlos Andarilho
 
 
O Andarilho
(Pelos olhos de um Andarilho)
Andarilho perdido
Um homem acabrunhado
Largado no mundo sozinho
um triste anjo abandonado

Envolto nas suas lembranças
Fiel às sua raizes
Pensando na sua infancia
Em seus momentos felizes

A espera da própria sorte
Que a vida lhe torne forte
Ou pelo consolo da morte
Rumando de Sul a norte

Vagando pelas pelas estrelas
Segue firme o seu caminho
Conhece o destino de um homem
Nascer e morrer sozinho

Enquanto vaga no mundo
Busca viver e sonhar
E tenta levar a vida
Conjulgando o verbo amar

Decepções, quem não as tem?
alegrias, sorrisos e lágrimas
Cada dia, uma aventura
E continua a caminhada

E pela estrada da vida
Segue o andarilho a cantar
E mesmo com o mundo contra
Se recusa a deixar de sonhar

 
 Carlos Andarilho
 
 
 
Meu amor oculto
 
Lindos todos os sonhos
Independentes da nossa vontade
Antes que o sol desponte
Novamente deles viveremos
Ainda que deles tentemos esquecer
 
Por todos os dias da minha vida
Para onde eu for te levarei
Embora saiba que de desencontros
Nunca estaremos livres
É assim mesmo essa vida
Lugares onde eu queria estar
Onde a felicidade me espera
Por isso eu quero ir para lá
E quero que você vá comigo
 
Chega de tanto sofrimento
Hoje eu só quero a paz
Amanhã pode ser tarde
Recomeçar é uma necessidade
Meus caminhos cruzaram os seus
O meu passado não existe
Só me importa o futuro
Agora é apenas o começo
 
Meu amor é quase ingênuo
Incondicional, terno e suave
Não conhece a maldade do mundo
Há de ser forte e lutar
Aqui apenas nasceu, na eternidade viverá
 
Sinta o vento te tocar
Haverá de sentir o calor
Entrando na sua alma
Reacendendo o fogo da paixão
Assim ao longe ecoará
Zelando pela melodia, sax, flautas, trompetes
Arranjos de uma canção
Dedicados com muito carinho
E repletos de emoção
 
Carlos Andarilho
 
 
 
 Um segundo
Já passou e não percebi
E por não ter percebido
Alguma coisa eu perdi
 
Se ele passa depressa
O que dizer da fração
Um simples piscar de olhos
Que não prestamos atenção
 
Mas muitas na vida
Essa fração de segundo
Pode mudar um destino
E mesmo a história do mundo
 
Quantas e quantas vezes
Não dizemos para nós mesmos
Não vou pensar nisso agora
Pois ainda é muito cedo
 
E quando abrimos os olhos
Aquele momento passou
A vida tomou outro rumo
E alguma coisa mudou
 
Viverei intensamente
Cada segundo precioso
Pois bem sei que não terei
Essa oportunidade de novo
 
E assim vou aprender
A não deixar pra depois
E a não ficar esperando
Um momento que já foi
 
Carlos Andarilho
 
 
 
“Setembro”
 
Um brinde a setembro
Mês que nasce a primavera
Germinando a semente
Transformando-a em flor
Renovando a vida no campo
E a esperança no coração.
 
Carlos Andarilho
  
 
As quatro estações
 
Vai o dia, vem a noite
Entre eles uma tarde
Prenúncio de escuridão e silêncio
 
Entre a noite e a manhã
Uma pausa para o descanso necessário
Para prosseguir quando o sol voltar a nascer
 
Chega setembro trazendo a primavera
desabrochando as flores
No ressurgimento da vida
 
Em dezembro a natureza faz sua transição
Sai de cena a primavera
Para a chegada do verão
Época que o sol brilha
Com maior intensidade
E as pessoas ficam mais descontraídas
 
Em março outro verão acaba
Outro outono começa
E com ele os preparativos
Para as intensas noites frias
Que a próxima estação trará
Mas apesar das folhas mortas
O charme mostra sua elegância
 
Chegou junho e trouxe o inverno
O frio é quase insuportável
O calor humano é necessário
Mas os corpos muito bem agasalhados
Tornam difícil qualquer contato
 
Serão três meses de dias frios
E longas noites congelantes
A espera que chegue setembro
Para que outro ciclo comece
E as flores novamente desabrochem
 
Carlos Andarilho 
 
 
A rosa e o pescador
 
A flor cuida da rosa
Com carinho e muito amor
Enfeitando o jardim de casa
E a vida do pescador
 
Sentado na varandinha
Ele fica a contemplar
Gosta de olhar pra ela
No jardim em frente ao mar
 
Seus olhos brilham ao sol
O seu cabelo reluz
Suas mãos cavando a terra
Desse quadro ela é a luz
 
No corpo traje bem simples
Mas ela os torna especial
Como a rosa enfeita o espinho
De uma forma natural
 
Chega a noite e céu convida
Para na praia caminhar
E de mãos dadas com ela
Ele se põe a cantar
 
Seu canto encanta as estrelas
Que brilham também para a lua
Montando o cenário perfeito
Do amor na sua forma pura
 
Ali não precisa dinheiro
Só carinho e atenção
Os peixes enchem a barriga
E o amor o coração
 
Carlos Andarilho
  
 
Brincando de ser poeta
 
Fazer versos minha gente
Não é nenhum bicho papão
Basta a gente ir seguindo
O que manda o coração
Só não pode ter vergonha
E ir tomando cuidado
E quando menos se espera
Tem um verso terminado

Veja só como é gostoso
A mente vai divagando
E quando menos se espera
Outro verso vai termiando

Comece devagarinho
Não tenha medo de tentar
Sempre tem uma palavra
Que você possa rimar

E quanto mais você escreve
Vê a vontade aumentar
De fazer versos bonitos
Pensando em como acabar

Mas ai quando se olha
Vê que tudo terminou
Você olha e admira
Que bonito que ficou!!!

Viram como e facinho
Agora preste atenção
Deixa sair do peito
Põe no papel que fica bom

Agora vou me despedindo
Pois preciso trabalhar
Mas logo estarei de volta
Para junto de vocês ficar

Tenham todo um bom dia
Que todos tenham seu pão
Papai do céu ilumine
Beijos no seu coração

Carlos Andarilho

  
 
Amizade virtual
 
Curtindo todos os dias
São nove meses de espera
A barriga vai crescendo
E o amor cresce com ela
 
Não se conhece o rosto
De nada se tem noção
Mas aquele desconhecido
Já mora no coração
 
Como se pode amar assim
Alguém que nunca se viu
Alguém que sem pedir licença
Na nossa vida surgiu
 
Agimos com muito carinho
Seja noite, tarde ou dia
Para que essa pessoa saiba
Que já não está sozinha
 
Como uma gravidez
É a amizade virtual
O afeto é verdadeiro
O sentimento é sem igual
 
Como um chute na barriga
Quando sobe a janelinha
Avisando que entrou alguém
Deixando alegre a telinha
 
Não entendo como tem gente
Que separa o virtual
Para mim há muito tempo
O virtual virou real
 
Amigos são amigos e pronto
Em qualquer situação
Como o feto para os pais
Já moram no coração
 
Carlos Andarilho
 
 
Dia de Alegria
 
Parabéns… hoje é teu dia
Dia de comemorar o dia
Que pela primeira vez você chorou
Para que muitas pessoas pudessem sorrir
E que depois choraram emocionadas
Ao ver seu primeiro sorriso
Ao ver seus primeiros passos
Ao ouvir a primeira palavra
Que sua boca pronunciou
 
Parabéns… hoje é teu dia
Mesmo dia que todo ano
Essas emoções se repetem
Como num passe de mágica
Você volta a ser criança
Com aquele brilho nos olhos
Ao ver as velinhas sendo acesas
E o bolo confeitado com carinho
Para ser compartilhado com doçura
Com as pessoas que te amam
 
Parabéns… hoje é teu dia
Dia de festa, dia de alegria
Parabéns por ser essa pessoa
iluminada, carinhosa, determinada
forte, frágil, amiga e companheira
Que tráz alegria quando chega
Deixa saudade quando vai
E expectativa de um breve retorno
 
Parabéns principalmente para mim
E para todas as pessoas que tem
O prazer de estar ao seu lado
E podem estar aqui para desejar
Que você tenha muita paz e felicidade
Que a sua luz nunca pare de brilhar
E que o amor faça morada eterna no seu coração
Pois você é muito, muito especial
Mas enfim, só resta dizer com alegria
“Meus parabéns… hoje é teu dia”.
 
Carlos Andarilho
 
 
Renovação de votos

Pode ser de simpatia
Pode ser de amor
Pode ser de amizade
Pode ser o que for
O que importa é que hoje
Eu resolvi te dizer
O quanto você é importante
E o quanto gosto de você

Com palavrinhas bem simples
De coração pra coração
Nada de grandioso
Nada que chame a atenção

Espero todos os anos
Estar aqui para renovar
Esses meus votos sinceros
Para a sua vida alegrar

Sei que sou repetitivo
Mas não canso de dizer
E vou repetir de novo
Gosto muito de você

Tomara que esses meus versos
Te causem grande alegria
Que te façam bem para a alma
Sejam vistos com simpatia

Agora vou me despedindo
Pois minha hora chegou
Lembrando o que disse o poeta
“Simpatia é quase amor”

 
Carlos Andarilho

 

 

Li Lily
 

Menina boa de prosa
Coisa igual eu nunca vi
Alem de grande truqueira
To falando da Lily

Com seu jeitinho agradável
Conquista quem está perto
Mas arde como pimenta
Se alguém for incorreto

Franzoni já disse um dia
Que seu planeta é a lua
E como todos sabemos
A lua vive na sua

Sangue quente italiano
No horóscopo, canceriana
Segue firme seu caminho
E raramente se engana

Falar dela é difícil
Pois tem extremos opostos
Mas das pessoas do mundo
Está entre as que mais gosto

Agora vou me despedindo
Com carinho e atenção
Sem deixar de citar, é claro
O nosso amado Timão

Espero que goste dos versos
Deu na cabeça, escrevi
mas eu apenas queria
Sentir que te fiz sorrir

 

Carlos Andarilho

 

   

 

Maninha Bebel

 

Em 1970
No condomínio Auri Verde
Conheci uma menina
Magrelinha de olhos verdes

De cara nasceu amizade
Foi uma coisa marcante
Se tornou na minha vida
Uma pessoa importante

A menina foi crescendo
Se tornando uma mulher
Porém a nossa amizade
Não era uma coisa qualquer

Mas com jeito menina
A mulher desabrochou
Até que num belo dia
Com o Podrão ela casou

Podrão, apelido feio
De um cara muito legal
Nem parece que é casado
Safado e cara de pau

Num dia muito especial
ela veio me contar
Cacá vai ser titio
O Lucas ta pra chegar

E assim essa amizade
Chegou até esse dia
Com paz, carinho e amor
Era tudo o que eu queria

Desculpa pela pobreza
Dessa pobre rima minha
Foi só pra dizer, Bebel..
Que eu te amo maninha

 

Carlos Andarilho

 

 

 

 

Jardineira Sara

 

Viajando pela história
Vi muita coisa bacana
Como é bom lembrar das coisas
Que a gente tanto ama

Lembrei daquele principio
Tudo com muito carinho
Isso me fez pensar
Que nunca estive sozinho

Lágrimas de alegria
Rolaram não teve jeito
Percebi com alegria
Como aquilo era perfeito

Amigos se conheceram
Eu nunca vi nada igual
Fazendo com que a telinha
Deixasse de ser virtual

Mas como tudo na vida
Um dia aquilo “passou”
Mas com certeza antes disso
Muitas marcas deixou

Alguém prometeu um dia
Que aquilo ia ficar
Que uma chama nasceu
E que jamais se apagará

Não importa como aconteça
Pois foi feita com carinho
Sempre será exaltado
Aquele nosso “Cantinho”

Mas agora vou parando
Deixando vocês aqui
Esses versos eu dedico
A você Sarakally

 

Carlos Andarilho

 

 

 

Lu Sorocaba

 

Mocinha encantadora
Foi chegando de mansinho
Ganhou o coração de todos
Devagar e com jeitinho

De Sorocaba ela veio
Trazida pelo Valmir
E mostrou muito carinho
Em tudo que fez por aqui

Transbordou simplicidade
Força e dedicação
Mostrando que pra ser forte
Basta abrir o coração

Deu força a quem ela gosta
Carinho a todos por perto
E assim de modo perfeito
Fez um jogo correto

Jogo é maneira de dizer
Pois ficou claro e evidente
Que ela só mostrou na casa
Como ela é realmente

Uma alegria sem fim
Domina todo meu ser
Pois hoje o dia esta em festa
Ganhou quem soube vencer

Meus parabéns dona Lu
Fica aqui o meu carinho
Com todo respeito ao Valmir
Fica aqui o meu beijinho

 

Carlos Andarilho

 

 

Agradecimento…

Mensagem enviada ao Cantinho do Truco em 06.09.2004 pelas mensagens que recebi me parabenizando pelo meu aniversário, mas continua valendo.

 
Cá estou eu pensando em mil maneiras de agradecer o carinho e a demonstração de amizades que recebi nesses meus longos e vividos 43 aninhos. Cheguei à conclusão que palavras não existem para descrever sentimentos verdadeiros. Muitas pessoas dizem: Nada a ver, isso aqui é só virtual, existe uma vida real lá fora. Concordo plenamente com isso. Há cerca de cinco anos atrás, ninguém era tão contra sentar à frente de um micro sem vida própria e dizer que aqui se encontra amigos verdadeiros como alguns que tenho encontrando. Só depois que comecei a entrar aqui, pude sentir o que já ouvia algumas pessoas dizerem; nesses cinco anos conheci muita gente, e acreditem, já chorei com elas, sorri com elas, me emocionei, me desiludi, fiquei bravo, briguei, comprei brigas que nem minhas eram, enfim… Se é real ou não, não sei, mas sei que aqui eu consigo sentir o coração de algumas pessoas muito melhor e com mais facilidade do que na dita cuja “vida real”.Agora uma coisa que não entendo e não entra na minha cabeça, se não é real isso aqui, isso quer dizer que estou morto? Que eu não existo? Que meu coração está sonhando e que quem tecla comigo é apenas uma máquina?

Se for assim devo dizer que a tecnologia chegou a tal ponto, que a virtualidade consegue ser tão real, que criou um mundo cheio de vida própria. Concordo que como no nosso mundo dito, real, esse nosso mundo aqui também está cheio de defeitos; divisões, brigas por nada, guerras infundadas, etc… Mas uma coisa não posso negar especialmente hoje:

Como é bom sentir o carinho das pessoas que amamos e aprendemos a conviver e principalmente respeitar como seres humanos, e não simplesmente como uma máquina fria, e por isso quero aproveitar o momento da minha festa de 43 anos pra dizer a cada um de vocês que se manifestaram e mesmo àqueles que por um motivo ou por outro não o fizeram:

EU AMO VOCÊS

Obrigado por fazerem parte da vida dessa máquina que vos “fala”.

 
Obs: O bolo é virtual, mas o carinho é verdadeiro.

 

 

 
Carlos Andarilho
 
 
Nosso Aniversário
 
Ledinha eu tava pensando
Enquanto nós proseamos
O tempo vai se passando
E a idade vai chegando
 
Falta agora bem pouquinho
Pra meia noite chegar
E virar seis de setembro
Pra gente aniversariar
 
O tempo passou depressa
Nos trouxe maturidade
Mas só quando olho no espelho
Que lembro da minha idade
 
Da vida vivi bastante
Tenho uma extensa bagagem
Sou sério quando preciso
Mas adoro falar bobagem
 
Nada melhor nessa vida
Do que sorrir e cantar
Contar piadas sem graça
E sorrir até chorar
 
Já chorei muito de rir
E me lembro com carinho
Cada momento da vida
Que não me senti sozinho
 
E hoje foi com você
Que o sorriso despontou
Por mais um ano de vida
Vivido com muito amor
 
Foi legal estar contigo
No ano que vem tem mais
Só peço pra gente saúde
Fé em Deus e muita paz
 
Carlos Andarilho
  
 
Laços de Amizade
 
 

A verdadeira amizade
É aquela que o tempo não apaga
Que a distância não é sentida
Que as atitudes sejam compreendidas
Ao invés de serem julgadas

A verdadeira amizade
Não cobra e não é cobrada
Não condena e não é condenada
Ela tudo justifica e tudo perdoa
Antes mesmo que aconteça

A verdadeira amizade
É a conquista do amor incondicional
É repleta de carinho e dedicação
Não sente ciúmes e não é arrogante

A verdadeira amizade
Torce pela felicidade do amigo
Pois se um estiver bem
O outro estará também

A paixão um dia se acaba
E o “amor” se vai com ela
Laços sinceros de Amizade
Se fortalecem na tempestade
 

Carlos Andarilho

 

 

A Ponte da amizade
 

Vem, me ajuda. Vamos construir uma ponte.
Ela deverá ser grandiosa, gigantesca, com estrutura forte,
Para que todos a enxerguem assim que nela baterem o coração.
Pois é através do coração que a alma enxerga.
E é por ele que a alma se transforma no sexto sentido do ser humano
Pelo coração a alma enxerga, ouve, sente o cheiro, sente o gosto,
E principalmente por ele que a alma toca e se deixa tocar.
Por isso a nossa ponte tem de ser imensa e muito bem construída,
Pois por ela passará muita gente, e ela não pode desabar
Muitos por ela passarão e não mais voltarão.
Mas independe disso, como na calçada da fama, suas marcas deixarão
Muitos hão de ir e vir, e ela todos os dias atravessar.
Alguns a verão de longe, mas por algum motivo, por ela não vão querer passar.
Vem, me ajuda. Vamos construir uma ponte.
Ela deverá unir as almas através dos corações.
E a ela batizaremos o nome de Amizade.

 

Carlos Andarilho

 

 

O homem de gelo

 

Naquele dia o mundo acordou mais feliz sem mesmo saber porque. Conta a lenda que o homem de gelo derreteu, e que de suas águas evaporadas e subidas ao céu, densas nuvens se formaram, devolvendo em forma de chuva, tudo que tinha dentro daquele coração, sobre toda sua comunidade, fazendo com que as pessoas sorrissem de uma forma tão natural, como se por um instante tivessem voltado à infância. Da vida fez-se esperança, e da esperança fez-se a vida.

 

Carlos Andarilho  

 

Cicatrizes

 

Do passado eu trago lembranças
Que em tempos felizes
Trouxeram esperanças

Um filtro na alma
Me faz caminhar
Tristezas esqueço
Não quero lembrar

São doces momentos suaves no ar
Um lindo sorriso saído do olhar
Pra que ficar triste, porque lamentar
Sorrir para a vida é melhor que chorar

É o tempo que passa
É a gente a viver
A vida não para
Pra gente aprender

Só levo da vida momentos felizes
Feridas na alma deixam cicatrizes

Não chore o passado
A vida é o presente
O nosso futuro
Depende da gente

 

Carlos Andarilho

   

 

Tesouros da alma

 
Um bandeirante perdido na história
Em busca do eterno desbravamento
Garimpando a arvore da esperança
Na floresta mata a dentro
Papel e caneta são as ferrametas
Pra que se possa guardar
Aquilo que vê reluzir
As pedras que ele encontrar

Escavando devagar enxerga a alma
Extrai e lapida com cuidado
Em prosa e verso armazena
O que no espirito estava encrostado

Quantas emoções contidas
No fundo do coração
Desconhece qualquer limite
Entre a loucura e a razão

Todos nascemos para o mundo
E o mundo nos faz crescer
O melhor remédio pra alma
É se auto conhecer

Nada há de novo
Tudo já está no lugar
Basta encontrar o caminho
E começar a garimpar

 
Carlos Andarilho
 
 

 

                                      
 
Meu Mundo
 
O rio segue seu caminho
Seu curso não pode parar
Quem ousa desafia-lo
Tem que aprender a nadar
Assim é a vida da gente
Um ciclo que não tem fim
É um conjunto de ais
É uma luta sem fim

Amo muito a minha vida
Mas a amo do meu jeito
No meu mundo todo mundo
Trata o mundo com respeito

Meu mundo não tem covardia
Meu mundo só tem igualdade
Meu mundo só tem alegria
E desconhece a maldade

Nele tudo é diferente
Boa noite, boa tarde, bom dia
Por favor, muito obrigado
Recomendações a sua familia

Meu mundo nasceu de um estrela
Chamada fraternidade
Ela brilha noite e dia
Trazendo a felicidade

Ninguém nele anda estressado
Ninguém precisa correr
Na mesa de cada familia
Nunca falta o que comer

E ninguém quer mais que isso
Nele tem muito calor
Calor humano perdido
Meu mundo se chama amor

Carlos Andarilho

  
 

Minha amiga saudade

 
Saudade de quem se foi
Saudade do que vivi
Saudade do que passou
Saudade do que há de vir
Saudade pra que te quero
Se tu no meu peito dói
Se o meu coração dilacera
Se a minha alma corrói

Saudade doce lembrança
Saudade palavra triste
Do que já foi esperança
De momentos inesquecíveis

Saudade me deixa um pouquinho
Pois eu preciso viver
Saudade procure outro ninho
Para você renascer

Mas volte de vez em quando
Trazendo noticias de alguém
Pois eu não quero esquecer
De quem sempre quis tão bem

Vá minha amiga saudade
Me diga adeus e vá embora
Sei que nos reencontraremos
Pelo meu destino afora

Carlos Andarilho

  
 

Palavras do coração

 
Amor, amor, amor
Palavra bonita de ser repetida
Mas o que significa
O que ele traz para a vida
O amor verdadeiro é puro
Repleto de carinho e atenção
Sem loucuras impulsivas
Sem o fogo da paixão

Não precisa dizer nada
Basta olhar e sorrir
O coração entende no olhar
O que o outro quer pedir

Os atos falam mais alto
Pavavras, para que dizer
Aquilo que sai da boca
Muito melhor esquecer

O que o coração fala
Ninguém consegue calar
Muito feliz quem aprende
O coração escutar

A alma se torna leve
O corpo descansa em paz
Os olhos brilham na face
Tristezas não se tem mais

Não quero falar em tristeza
pois me domina a alegria
Torne meu dia completo
Olhe para mim e sorria

Carlos Andarilho

  

Ingenuidade

 
É uma pena que o tempo passa
E leva junto as pessoas
Que se sentem na obrigação
De serem adultas e responsáveis
E com isso perdem completamente
A ingenuidade da infância
Adquirindo e acumulando dia a dia
Mágoas, tristezas e decepções
Adulto tem que ser esperto
Para não engolir sapo
Para nunca ser enganado
Nunca levar desaforo pra casa
Coisas que uma criança resolveria
Com um simples “dá o dedinho”
Depois de um “estou de mal”

Mas enfim, criança é criança
E não sabe de nada
Adulto é adulto e sabe de tudo

Não entendo porque alguém um dia disse:
“Deixai vir a mim as criancinhas
Porque delas é o reino do céu”.

Carlos Andarilho

 
 
 
Soneto de amor pra mim
 
Não esperem de mim palavras bonitas
Que costumam usar os poetas
Não esperem de mim gramática perfeita
Sem nenhum erro de pontuação
 
Não espere de mim que eu seja
Diferente daquilo que sou
E daquilo que gosto de ser
Pois a meu modo sou feliz comigo
 
Sou a minha essência e meus pensamentos
Sou o que o meu coração me fez
Através dos ensinamentos da vida
 
Sou escravo da paixão, movido a emoção
Sou o que sou sem tirar nem por
Um cara sem vergonha de cantar o amor
 
Carlos Andarilho
  
 
Incoerência
 
Interessante as formas pelas quais aprendemos a amar e admirar  as pessoas,
e depois fazemos de tuo para mudá-las,
e quando conseguimos percebemos que deixamos de amá-las e admirá-las,
exatamente pelas mudanças impostas por nós mesmos.
 
Carlos Andarilho 
 
 

Poesia

 
Poesia nada mais é
Do que aquilo que vai na alma
Com frases, trovas e versos
E um pouquinho de calma
O poema já está pronto
Basta a gente lapidar
E escrever cada palavra
Que o seu coração ditar

Depois mais uma olhadinha
Vê se está tudo certinho
Mas o que importa mesmo
É ser feito com carinho

Carlos Andarilho

  
 

De coração pra coração

 
Espero que possa algum dia
Estar novamente aqui
Mostrando a mesma alegria
De quando te conheci
Carlos Andarilho

  
 

O Balão

 
E eu te amei…
Te amei como jamais alguém te amou
Te amei como alguém jamais imaginou amar
Como alguém jamais ousou se expor
Te amei a cada segundo como se fosse o último instante
Como se não houvesse outra chance, outro momento
E você do seu jeito também me amou
Me deu carinho, atenção, respeito, dedicação

O sonho ia crescendo a cada dia
E cada dia se consolidava o nosso amor
Como um balão que infla a cada sopro
Mas depois vai se tornando rarefeito
E aos poucos vai murchando

Dentro dele sempre ficará o sopro
Prova maior de que um dia ele foi inflado
E fez a alegria daqueles que da festa participaram

Nos olhos das crianças um brilho sem igual
Que só o sono consegue apagar
mas nos sonhos o balão continua lá
Cheio, bonito, colorido
E esse sonho nunca será esquecido
Cuide bem do seu balão
Para que ele sempre enfeite a sua festa

Carlos Andarilho

 

 
 

Eternamente

 
Nos meus braços envolvi seu corpo
Com minha boca enxuguei suas lágrimas
Naquele momento traçamos o caminho
Que nos transporta a eternidade
Um breve momento de paz
Em meio ao temporal
Que marcou a nossa vida

Assim aprendemos a amar
No verdadeiro sentido do amor
Que não sente a distancia
Pois sobrevive na alma

A semente plantada
Continuará germinando
Sendo regada diariamente
Florescendo em outros corações

Carlos Andarilho

 
 
Um sonho de liberdade
 
Quanto mais eu amo
Mais ela se afasta
Quanto menos a desejo
Mais ela se aproxima
 
Viva intensamente cada instante
Como se fosse o ultimo da vida
Pois a vida é uma aventura
Que só vale a pena se vivida
Sem medo e sem vergonha
De procurar a felicidade
 
Não perca tempo pensando no tempo
Pois o tempo é valioso demais
Para se perder tempo pensando nele
E o tempo perdido não volta
 
Ninguém pode dizer o que somos
Mas todos podem dizer o que fazemos
Nossos atos são frutos da colheita
Das sementes que cultivamos
 
Em cada cabeça uma sentença
Em cada peito uma saudade
A cada dia uma esperança
E um sonho de liberdade
 
Carlos Andarilho
  
 

O Amor

 
O amor pode não ser tudo
Mas sem ele nada temos
Andamos vagando no mundo
Sem saber o que queremos.
Quem encontra o amor tem tudo
Não precisa de mais nada
Os fardos se tornam leves
Na nossa dura jornada

Não sei se o amor é tudo
Mas sei que essencial
Encontrar na vida o amor
Torna o homem especial

 
Carlos Andarilho
 
 

Momentos

 
Sorriso que encanta
Alegra e edifica
Gestos que fazem
A vida bonita
Abraço, carinho
Palavra amiga
Pequenos detalhes
Linda cantiga

Confiança, respeito
Segredo, cumplicidade
Amor, paixão, ternura
Sinais de amizade

Em cada passagem uma lição
Em cada gesto um sentimento
Em cada palavra um mistério
Em cada lembrança um momento

Assim vamos formando
A história da nossa vida…

Cada um guarda no peito
Aquilo que quer lembrar
Momentos inesqueciveis
Que fazem rir ou chorar

Carlos Andarilho

  
 

Enquanto há vida

 
Enquanto há vida há esperança
Enquanto houver esperança
Há um motivo para se lutar
Enquanto há vida
É preciso ter coragem
E quando se tem coragem
Batemos nas portas
Até que elas se abram
Sem medo de machucar as mãos

Fale, insista, grite, não desista
Alguém há de ouvir e entender
O máximo que pode acontecer
É a coleção de “nãos” aumentar
Mas pelo menos poderá se dizer
Que teve a coragem para tentar

Pois enquanto há vida há esperança
E enquanto houver esperança
Temos sempre que seguir em frente

Carlos Andarilho

  
 

Simplesmente Mulher

 
Lindo rosto de menina
Em um corpo de mulher
Brilho no olhar que fascina
Sabe bem o que ela quer
Um sorriso que encanta
Proporcionando prazer
Contagia que tem sorte
De com ela conviver

Na sua fragilidade
Oferece proteção
Cuida daqueles que ama
Com carinho e atenção

Harmonia que trás mulher
Mulher que trás alegria
Suas mãos tecem emoções
Buscando a sabedoria

Nunca deixe de sorrir
E nunca deixe se apagar
A luz que ilumina o mundo
Que nasce do seu olhar

Na longa estrada da vida
Esteja onde estiver
Em qualquer parte do mundo
Amor, seu nome é mulher

Carlos Andarilho

 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
 
Publicado em Uncategorized | 2 Comentários